| Favoritos | Newsletter | RSS | Espanhol
 
Conceitos - Tecnologias: Turbinas eólicas

Tecnologias: Turbinas eólicas


E a principal tecnologia utilizada para a produção de energia eléctrica na actualidade.

Existem essencialmente dois tipos de turbinas eólicas:

Turbina de eixo Horizontal - Fonte: DOE/NREL Tom HallTurbina Eólica de Eixo Horizontal (HAWT’s Horizontal Axis Wind Turbines): são o tipo de turbinas mais comuns, de accionamento por forças sustentadoras e aplicadas na maior parte dos parques de produção de energia eléctrica.
Actualmente a maior parte são constituídas com três pás, no entanto é possível e existem turbinas com duas e apenas uma pá (eventualmente com menor custo em material). A principal desvantagem, destas turbinas com duas ou uma pá é a menor estabilidade da turbina.


Turbina Darius - Fonte: DEO/NREL, Warren GretzTurbina Eólica de Eixo vertical (VAWT’s Vertical Axis Wind Turbines): baseiam-se num princípio semelhante as clássicas noras de água, onde a água chega perpendicularmente em relação ao eixo de rotação da nora. Utilizadas também para a produção de energia eléctrica, e tem como principal vantagens teóricas:



1. A independência da direcção do vento, no entanto os esforços nas pás exercidos pela força centrífuga limita a sua velocidade.

2. Maior rendimento em comparação com as turbinas de eixo horizontal.

3. Uma forma da diminuir este efeito é dar uma forma arqueada, ou “C” as pás (turbina de "Darius" de Georges Darrieus, desenhadas em 1931), no entanto reduz o existe uma redução do rendimento.

4. O gerador pode estar no solo e pode-se prescindir de uma torre, para a máquina.


As principais desvantagens das turbinas de eixo vertical são:

1. Velocidades junto do solo baixas (junto da parte inferior do rotor).

2. Arranque “forçado”, i.e., a ,máquina necessita de um “empurrão” antes de arrancar.

3. Em alguns casos existe a necessidade de cabos tensores, aumentado a área de ocupação.

4. Em caso de substituição do rolamento principal é necessário desmontar toda a turbina.

A última grande máquina deste tipo de turbinas, a Eole C com 4.200 kW e diâmetro de rotor 100m, instalada no Canadá, já deixou de funcionar em 1998, devido a problemas de manutenção.

No entanto, em aplicações de pequena escala, este tipo de turbinas podem ser alternativas às turbinas de eixo horizontal.




0102
Bookmark and Share | Voltar | Topo | Imprimir |
PUB
Pós-graduação em Energia Solar

:: Produzido por PER. Copyright © 2002-2009. Todos os direitos reservados ::
:: :: Editorial :: Sobre o PER ::
Última actualização 2/2/2017