| Favoritos | Newsletter | RSS | Espanhol
 
Conceitos - Conversão: Biocombustíveis gasosos

Conversão: Biocombustíveis gasosos

A obtenção de biocombustíveis gasosos pode fazer-se a partir da fermentação anaeróbia do metano ou ainda da conversão termoquímica da biomassa sólida em processos de gaseificação.


Sistema de gaseificação - Fonte: NREL

O aproveitando do seu potencial energético é feito através da queima para obtenção de energia térmica ou eléctrica.

Conversão da biomassa gasosa - Fonte: Enersilva.


Combustão de fontes biocombustíveis gasosas


Os biocombustíveis gasosos, quando de qualidade adequada, podem ser usados em caldeiras a gás convencionais, nomeadamente em caldeiras de baixa temperatura e caldeiras de condensação, para a produção de calor.

Comparado com o gás natural, o biogás apresenta uma velocidade de propagação da chama mais baixa. Por esta razão, ao usar o biogás os tubos do queimador necessitam de ser ajustados nas caldeiras a gás. Para pequenas potências de aquecimento, até 30 kW, são geralmente usados queimadores atmosféricos. Quantidades maiores de gás, por outro lado, só podem ser utilizadas em queimadores com ventiladores.

O tempo de vida útil e a intensidade de manutenção das caldeiras a biogás depende da composição do gás depois da sua preparação. Particularmente nas caldeiras de condensação, um alto teor residual de ácido sulfídrico (H2S) pode provocar danos irreparáveis.

O biogás e outros biocombustíveis gasosos, são raramente usados puros na produção de calor. Muitas vezes, é economicamente mais vantajoso, transformar em electricidade através de sistemas combinados de calor e energia (cogeração).

Fontes e referências:

"Bioenergia - manual sobre tecnologias, projecto e instalação", Altener, 2004
"Enersilva - Promoção do uso da biomassa florestal para fins energéticos no sudoeste da Europa (2004-2007)", Projecto Enersilva, 2007






Bookmark and Share | Voltar | Topo | Imprimir |
PUB
Pós-graduação em Energia Solar

:: Produzido por PER. Copyright © 2002-2009. Todos os direitos reservados ::
:: :: Editorial :: Sobre o PER ::
Última actualização 2/2/2017