| Favoritos | Newsletter | RSS | Espanhol
 
Notícias - Notícias
1/5/2018

Produção da EDP Renováveis cresceu 14% até Março


A EDP Renováveis produziu 8,8 TWh de energia renovável no primeiro trimestre deste ano, o que representa um aumento de 14% face ao mesmo período do ano passado.
 
 
De acordo com os dados revelados pela empresa em comunicado emitido à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o aumento da produção beneficiou do "recurso eólico excepcional" assim como das "adições de capacidade com um factor de utilização superior".
 
 
Entre Janeiro e Março, as operações da EDPR na Europa e América do Norte geraram 45% e 54% do total da produção, respectivamente. Na Europa, a geração aumentou 16% face aos primeiros três meses de 2017 para 3,9 TWh, com a comparação anual "impulsionada pelo excepcional recurso eólico em Espanha e Portugal".
 
 
Na América do Norte, a produção aumentou 12% para 4,7 TWh, reflectindo o crescimento da capacidade instalada e o maior factor de utilização dos novos projectos. No Brasil, a produção aumentou 8% para 159 GWh, beneficiando das adições de capacidade apesar do menor recurso eólico no período.
 
 
Em comunicado, a empresa liderada por Manso Neto atingiu um factor de utilização de 38%, "reflectindo o superior recurso eólico no período, principalmente na Europa, assim como as adições de nova capacidade com factores de utilização superiores".
 
 
No mês de Março, a EDP Renováveis geria um portefólio de 11 GW em 11 países, dos quais 5,2 GW na Europa, 5,5 GW na América do Norte e os restantes 0,3 GW no Brasil.
 
 
No últimos 12 meses a empresa incrementou o seu portefólio global em 597 MW, dos quais 423 MW na América do Norte, 127 MW no Brasil e 47 MW líquidos na Europa.
 
 
Os resultados relativos ao primeiro trimestre serão divulgados no próximo dia 9 de Maio, antes da abertura do mercado.

 

Jornal de Negocios


Bookmark and Share | Voltar | Topo | Imprimir |
PUB
Pós-graduação em Energia Solar

:: Produzido por PER. Copyright © 2002-2009. Todos os direitos reservados ::
:: :: Editorial :: Sobre o PER ::
Última actualização 2/5/2018